Coronavírus

Passageiros dos EUA, Brasil e Angola monitorizados na chegada a Portugal 

Passageiros dos EUA, Brasil e Angola monitorizados na chegada a Portugal 

Portugal autoriza voos para seis países fora da União Europeia.  

Especial Coronavírus

Com a reabertura das fronteiras da União Europeia, os passageiros de países como os Estados Unidos da América, Brasil ou Angola vão passar a ser monitorizados na chegada a Portugal.

A diretora-geral da Saúde revelou que na quinta-feira haverá uma reunião para definir o reforço necessário para cumprir essa deliberação.

Dos 15 países aprovados na terça-feira pela UE, Portugal permite apenas voos de e para seis: Argélia, Canadá, Coreia do Sul, Marrocos, Tunísia e China, caso haja reciprocidade.

Quanto a viagens essenciais - como de repatriamento, natureza humanitária ou deslocações por razoes de saúde, profissionais ou de estudo -, o Governo inclui autorização de voos de e para locais onde haja comunidades portuguesas relevantes, como EUA e PALOP's.