Coronavírus

Covid-19: Mais seis mortos e 232 novos casos em Portugal

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, durante a conferência de imprensa diária de atualização de informação da situação epidemiológica em Portugal, relativa à infeção pelo novo coronavírus

ANTÓNIO COTRIM

Dados das últimas 24 horas.

Especial Coronavírus

Portugal regista esta segunda-feira mais seis óbitos por covid-19, em relação a domingo, e mais 232 casos de infeção confirmados, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgados.

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.620 e o total de casos confirmados é de 44.129.

Em termos percentuais, aumento do número de óbitos foi 0,4%, (passou de 1.614 para 1.620) e o aumento do número de infetados foi de 0,5%, (de 43.897 para 44.129).

A DGS regista ainda mais nove internamentos nas últimas 24 horas, passando para 513 doentes, e mais um nos cuidados intensivos, onde estão agora 74 pessoas.

Lisboa e Vale do Tejo, com um total de 20.722 infetados, permanece como a região onde se regista o maior número de novos casos, com mais 195 nas últimas 24 horas.

200 casos por incluir

Contudo, o boletim volta a referir que há 200 casos ainda por incluir no total na Região de Lisboa e Vale do Tejo, referentes a testes realizados por um laboratório privado que em três dias da semana passada não os registou no sistema para o efeito, estando a sua distribuição ainda a ser analisada pelas autoridades de saúde.

Depois de Lisboa e Vale do Tejo surge a Região Norte (17.766 casos), a Região Centro (4.195), o Algarve (663) e o Alentejo (539). Os Açores têm 151 infetados e a Madeira 93.

Há no país 11 concelhos com mais de 1.000 casos de doentes infetados, uma lista liderada por Lisboa (3.645), seguida por Sintra (2.850), Loures (1.910), Amadora (1.780), Vila Nova de Gaia (1.678) e Porto (1.414).

A DGS indica no boletim de hoje que, devido a um erro informático, não é apresentado o quadro das idades relativo aos infetados, sublinhando que a situação será corrigida "com a maior brevidade possível".

Número de óbitos por região

Quanto aos óbitos, a região com maior número é o Norte (820), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (507), a região Centro (248) e o Alentejo, Algarve e Açores, com 15 vítimas mortais cada.

Por faixas etárias, o maior número de óbitos concentra-se nas pessoas com mais de 80 anos (1.075), seguidas das que tinham entre 70 e 79 anos (310) e entre os 60 e 69 anos (148).

Há 53 óbitos entre os 50 e 59 anos, 20 entre os 40 e 49, dois entre os 30 e os 39 e outros dois entre os 20 e os 29 anos.

Número dos recuperados

As autoridades de saúde mantêm sob vigilância 31.485 contactos de pessoas infetadas e há 1.182 pessoas que aguardam resultados laboratoriais.

O número de doentes dados como recuperados também registou um aumento, havendo hoje mais 149 pessoas recuperadas, registando-se agora um total de 29.166 casos nessa situação.

Detetado surto em infantário das Caldas da Rainha

Foi detetato um surto de Covid-19 num infantário das Caldas da Rainha, depois de ter sido confirmado um foco da doença em um lar da cidade, avançou o presidente da autarquia, Fernando Tinta Ferreira.

Doze pessoas estão infetadas, das quais 5 são crianças. O surto foi detetado quando uma criança apresentou sintomas, e depois de realizar o teste o resultado foi positivo para a Covid-19.

Para além das crianças, estão também infetados, três colaboradores - duas educadores e um motorista - e quatro familiares das crianças, revelou o presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, que disse ainda que todos estão a recuperar em casa.

Covid-19: Mais de 531 mil mortos e mais de 11,3 milhões de casos no mundo

Pelo menos 531.789 pessoas morreram em todo o mundo devido à pandemia do novo coronavírus desde que surgiu, em dezembro, na China, segundo um balanço da agência France Presse.

Mais de 11.343.890 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios, desde o início, dos quais 5.906.500 são dados como curados.

PAÍSES COM MAIS MORTES

Os países que registaram mais mortes são o Brasil, com 1.091 falecimentos, a Índia (613), e o México (523).

Os Estados Unidos (onde a primeira morte por covid-19 se verificou em fevereiro) é o país mais atingido, tanto em número de mortos (129.718) como de casos diagnosticados (2.852.807).

Pelo menos 894.325 pessoas foram consideradas curadas.Depois dos Estados Unidos, os países mais atingidos são o Brasil, com 64.265 mortos e 1.577.004 casos diagnosticados, o Reino Unido, com 44.220 mortos (285.416 casos), a Itália com 34.861 mortos (241.611 casos), e o México com 30.366 mortos (252.165 casos).

Entre os países mais duramente afetados estão a Bélgica, que reporta mais número de mortos por habitantes, com 84 falecimentos por 100 mil habitantes, seguida pelo Reino Unido (65), Espanha (61), Itália (58), e a Suécia (54).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), regista oficialmente um total de 83.553 casos (8 novos surgidos entre sábado e hoje), dos quais 4.634 mortos (0 novos falecimentos), e 78.516 recuperados.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global