Coronavírus

Wockhardt vai produzir vacinas contra a Covid-19 para o Reino Unido

Handout .

Produção de milhões de doses deverá começar em setembro.

Especial Coronavírus

O Reino Unido oficializou esta segunda-feira um acordo com a farmacêutica indiana Wockhardt para a produção de milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 que estão a ser desenvolvidas pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

Segundo a Reuters, a farmacêutica deverá começar o fabrico em setembro e será responsável por colocar a substância em frascos ou seringas e embalá-las para que possam começar a ser distribuídas.

“Hoje garantimos capacidade adicional para fabricar milhões de doses de potenciais vacinas contra a Covid-19, garantindo o fornecimento da quantidade necessária para proteger as pessoas no Reino Unido de forma rápida e em massa”, disse o ministro para os Negócios, Energia e Estratégia Industrial do Reino Unido, Alok Sharma.

Mais de 150 vacinas a ser testadas

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, mais de 150 vacinas estão a ser desenvolvidas e testadas em todo o mundo para travar a pandemia, sendo que 25 já se encontram na fase de ensaios clínicos.

Apesar dos avanços da ciência, a organização não espera que possa haver uma vacina aprovada e disponível antes dos primeiros meses de 2021.

O Reino Unido ultrapassa já os 304 mil infetados com o novo coronavírus e regista mais de 46 mil óbitos.

Links úteis