Coronavírus

Covid-19. Quase 750 mil mortos e mais de 20,6 milhões de infetados em todo o mundo

Charles Platiau

Na Europa continua a aumentar o número de casos de Covid-19.

Especial Coronavírus

A pandemia do novo coronavírus causou pelo menos 749.973 mortos em todo o mundo desde o aparecimento da doença na China, em dezembro, segundo o balanço desta quinta-feira às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa) da agência France-Presse.

Mais de 20.666.110 casos foram diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, dos quais 12.347.300 foram considerados curados.

Nas últimas 24 horas foram registados 6.721 mortos e 270.391 infetados em todo o mundo. Os países que registaram mais novas mortes nos seus balanços foram os Estados Unidos (1.429), o Brasil (1.175) e a Índia (942).

A América Latina e as Caraíbas totalizavam às 12:00 desta quinta-feira 228.561 mortos em 5.821.886 casos, a Europa 214.604 mortos (3.433.581 casos) e os Estados Unidos e o Canadá 175.069 mortes (5.317.994 infetados).

A Ásia registava 75.896 mortos (3.709.662 casos), o Médio Oriente 31.180 óbitos (1.283.130 infetados), a África 24.269 mortos (1.075.466 casos) e a Oceania 394 óbitos para 24.391 casos de infeção.

Autoridades chineses detetam o novo coronavírus em frango importado do Brasil

As autoridades de saúde da cidade chinesa de Shenzhen dizem ter detetado o novo coronavírus em frango importado do Brasil, numa análise de rotina a alimentos importados. Todas as pessoas que estiveram em contacto com o produto foram testadas e deram negativo.

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) regista oficialmente um total de 84.756 casos (19 nas últimas 24 horas), entre os quais 4.634 mortos e 79.398 recuperados.

Na Nova Zelândia, depois de três meses sem registo de infeções comunitárias, surgiram novos casos em Auckland. A capital volta a fechar-se em casa para tentar travar novas cadeias de infecção.

Em todo o mundo os Estados Unidos são o país mais afetado tanto em número de mortos como de casos, com 166.027 mortes em 5.197.377 infetados, segundo os dados da Universidade Jonhs Hopkins. Pelo menos 1.753.760 pessoas foram consideradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais atingidos são o Brasil, com 104.201 mortos em 3.164.785 casos, o México, com 54.666 óbitos (498.380 casos), a Índia, com 47.033 mortos (2.396.637).

Casos de Covid-19 na Europa continuam a aumentar

Na Europa continua a aumentar o número de casos de Covid-19 e muitos países batem recordes diários.

Em Espanha, que poderá já ter entrado numa segunda vaga, foi criado um novo hospital de campanha. Aragão tem sido das regiões mais fustigadas pelos novos focos. Na última semana registou quase 250 internamentos e mais de 30 mortes. Espanha voltou a entra na lista dos 10 países do mundo com mais casos.

Lyon e Bordeús, em França, são as mais recentes cidades franceses a impôr o uso de máscara nas zonas mais movimentadas. O país está numa curva ascendente de casos e registou um novo recorde diário desde maio, com mais de 2.500 infeções.

Há vários países a bater recordes diários como a Ucrânia e a Grécia. O Reino Unido, que continua a ser o país mais atingido na Europa, com 46.706 mortos e 313.798 casos de infeção, ultrapassar os 1.000 casos, assim como a Alemanha, que regsitou o maior aumento diário desde maio.

Veja também: