Coronavírus

Covid-19: Brasil regista 620 mortos nas últimas 24 horas

Antonio Lacerda

Mais de 23 mil infetados em um dia.

Especial Coronavírus

O Brasil registou 620 mortos e 23.101 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, totalizando 107.852 óbitos e 3.340.197 casos confirmados desde o início da pandemia, informou este domingo o executivo.

Os dados constam do último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde brasileiro, que indicou que a taxa de letalidade da doença no país mantém-se em 3,2%, quando se investiga a eventual relação de 3.468 mortes com a covid-19.

O Brasil, segundo país com maior número de mortos e infetados pelo novo coronavírus, apenas atrás dos Estados Unidos da América, ocupa também a segunda posição na lista de nações com maior número de recuperados, num total de 2.432.456 pacientes que conseguiram superar a doença.

Atualmente, 799.889 infetados continuam sob acompanhamento médico.

Áreas mais afetadas

O foco da pandemia é o estado de São Paulo (sudeste), que totaliza 699.493 casos de infeção e 26.852 mortos, e que começa a registar uma tendência de estabilização em ambos os índices.

Na lista de estados mais afetados seguem-se a Bahia (nordeste), com 216.030 pessoas diagnosticadas e 4.406 óbitos, o Ceará (nordeste), que soma 197.619 infetados e 8.133 vítimas mortais, e o Rio de Janeiro (sudeste), que tem hoje 194.279 casos confirmados de covid-19 e 14.562 mortes.

A covid-19 já atingiu 98,7% dos municípios brasileiros, com a região norte do país a ser a primeira a registar 100% do seu território com casos da doença, segundo um levantamento feito pelo canal televisivo GloboNews.

Michelle Bolsonaro testa negativo

A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, informou hoje, através das suas redes sociais, que recuperou da covid-19, doença que o seu marido, o Presidente Jair Bolsonaro também contraiu e da qual já se curou.

"Exame negativo. Obrigado pelas orações e por todas as manifestações de carinho", escreveu a mulher do chefe de Estado, partilhando uma imagem do teste negativo que atestou a sua recuperação da doença, contraída no final de julho.