Coronavírus

Dezenas de jovens identificados em ajuntamentos na região Norte 

Jovens a partir dos 15 anos em festas em Caminha e Viana do Castelo.  

Especial Coronavírus

A GNR identificou no espaço de uma semana dezenas de jovens que participavam em ajuntamentos, na zona de Caminha e Viana do Castelo.

Os encontros, que se prolongam pela madrugada fora, são combinados através da aplicação de mensagens WhatsApp. Quando a GNR desmobiliza de um sítio, o grupo avança para outro ponto de encontro.

Na madrugada desta quinta-feira, terão sido identificados entre 20 a 30 jovens, com idades a partir dos 15 anos. Estavam concentrados em dois grupos, junto à praia de Moledo e no miradouro de Santo Antão, no concelho de Caminha, e não usavam máscara.

OMS faz aviso aos jovens: "Não são invencíveis perante este vírus"

A Organização Mundial da Saúde alertou este mês para casos de jovens em estado grave por causa da Covid-19 e deixa um alerta para crianças e jovens adultos.

A epidemiologista da OMS, Maria Van Kerkhove, diz que não podem pensar que são invencíveis perante o novo coronavírus.

É preciso preparar o país, avisa diretor de Infecciologia do São João

Na quarta-feira, foram registados mais de 100 novos casos de Covid-19 na região Norte.

O Hospital de São João, no Porto, esteve desde o primeiro dia na linha da frente no combate à pandemia do novo coronavírus e recebeu até o primeiro caso confirmado em Portugal, no início de março, mas nunca chegou a exceder a capacidade de resposta.

Em entrevista à SIC, o diretor do Serviço de Infecciologia do hospital afirmou que é preciso preparar o país para a próxima fase e acabar com o subfinanciamento crónico do Serviço Nacional de Saúde.

"Estou convencido que não vamos ter aquela segunda fase que as pessoas tanto falam, mas temos de estar preparados para a enfrentar se ela vier", disse António Sarmento.