Coronavírus

Portugal pode sair já esta semana da lista de países seguros do Reino Unido

Nguyen Huy Kham

A informação está a ser avançada pela imprensa britânica.

Saiba mais...

O jornal The Times informou no domingo que o governo britânico deverá voltar a tornar obrigatória a quarentena para quem chegue de Portugal a partir do final desta semana. Em causa está o aumento de infetados com coronavírus nos últimos sete dias.

O número de casos em Portugal por 100 mil habitantes subiu de 16,4 para 19,4, sendo que o Reino Unido informou que voltaria a impor a quarentena obrigatória quando o rácio ultrapassasse os 20 casos por 100 mil habitantes.

Portugal saiu da lista negra do Reino Unido no dia 22 de agosto, desde aí que tem registado mais subidas diárias do que descidas.

O Presidente da República diz que os números do Algarve são residuais e que não justificam uma reversão da decisão do Reino Unido.

Caos no aeroporto de Faro

A última semana foi marcada pelo caos registado no aeroporto de Faro, depois da abertura do corredor aéreo com o Reino Unido. A chegada de cada vez mais britânicos provocou longas filas no controlo à chegada.

O SEF já está a reforçar as equipas para o aeroporto de Faro depois de, na quarta-feira, a chegada simultânea de oito voos, com mais de 800 pessoas, ter levado os passageiros a concentrar-se na zona do controlo documental, que este ano não passou a ser feita na "zona de verão", como é habitual.

Turistas britânicos consideram Portugal "mais seguro do que o Reino Unido"

A inclusão de Portugal no corredor aéreo britânico fez com que turistas ingleses remarcassem as suas férias, uma vez que já não têm a obrigatoriedade de cumprir uma quarentena de 14 dias ao regressarem ao país.

Quem a chega a Portugal para passar as férias de verão considera que o país "é mais seguro do que o Reino Unido", relativamente ao nível de contágio da Covid-19.

Reservas dispararam no Algarve

A inclusão de Portugal na lista de corredores aéreos considerados seguros pelo Reino Unido teve reflexo imediato na procura por férias no Algarve.

Desde quinta-feira, dispararam as reservas para a última semana do mês de agosto e mesmo para setembro.