Coronavírus

Escócia exclui Portugal do corredor aéreo

Rafael Marchante

Informação avançada pelo Governo escocês.

Especial Coronavírus

A Escócia excluiu Portugal da lista do corredor aéreo, a par dos Países Baixos que também anunciaram esta quinta-feira que, quem viajar a partir de território português, terá de fazer uma quarentena de 14 dias.

As medidas entram em vigor às 04:00 de sexta-feira, 4 de setembro.

"Se chegar à Escócia vindo de Portugal ou da Polinésia Francesa a partir das 4h de sábado (5 de setembro), terá que se isolar por 14 dias. Gibraltar está no topo de nossa lista de países que estamos a monitorizar de perto. Os dados desta semana mostram um aumento na positividade do teste e casos por 100k em Portugal.", disse o ministro da Justiça escocês Humza Yousaf.

Inglaterra MANTÉM PORTUGAL NA LISTA DO CORREDOR AÉREO

Minutos antes, o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps, tinha dito que Portugal e Grécia continuam na lista de países seguros, apesar da especulação de que seriam retirados.

"Continuamos a manter a lista de corredores de viagem sob constante reavaliação e não hesitaremos em remover países se necessário. No entanto, não há adições ou remoções hoje", anunciou, através da rede social Twitter.