Coronavírus

Reino Unido poderá retirar Portugal da lista de países seguros. Decisão é conhecida na sexta-feira

Toby Melville

Se as restrições forem repostas, o turismo do Algarve deverá ser o mais prejudicado.

Saiba mais...

O Governo britânico vai decidir esta sexta-feira se Portugal sai da lista dos países seguros para viajar.

Os dados recentes mostram que o número de casos em Portugal ultrapassou os limites estabelecidos pelo Reino Unido para integrar o corredor turístico.

Se o Governo de Londres decidir que Portugal voltou a ser um destino de risco, quem viajar para o país volta a ser obrigado a cumprir 14 dias de quarentena no regresso ao Reino Unido.

A inclusão do país no corredor turístico britânico foi tomada há duas semanas.

Se as restrições forem repostas, o turismo do Algarve deverá ser o mais prejudicado.

Britânicos antecipam saída do Algarve com receio de quarentena

O representante da Associação da Hotelaria de Portugal (AHT) no Algarve disse que "há clientes britânicos a antecipar" a saída de unidades hoteleiras, devido à incerteza do fecho do corredor aéreo entre o Reino Unido e Portugal.

O dirigente regional da associação que representa mais de 60% dos hoteleiros nacionais, adiantou que, além da antecipação de saídas, existem também cancelamentos de reservas: "Neste momento, esse cancelamento tem já um número considerável".

João Soares afirmou que os hoteleiros estão a olhar para a situação com muita preocupação, considerando que uma decisão britânica de repor a obrigatoriedade de quarentena à chegada a território britânico, proveniente de Portugal, devido à pandemia de covid-19, "não faz grande sentido, porque o Algarve cumpre os rácios de contaminações e é a região menos afetada pelos contágios".

Eventual exclusão de Portugal do corredor aéreo visa evitar segunda vaga no Reino Unido

O jornal The Times informou no domingo que o Governo britânico deverá voltar a tornar obrigatória a quarentena para quem chegue de Portugal a partir do final desta semana. Em causa está o aumento de infetados com o coronavírus nos últimos sete dias.

O número de casos em Portugal por 100 mil habitantes subiu de 16,4 para 19,4, sendo que o Reino Unido informou que voltaria a impor a quarentena obrigatória quando o rácio ultrapassasse os 20 casos por 100 mil habitantes.

A eventual exclusão de Portugal tem como principal objetivo evitar uma segunda vaga no Reino Unido.

  • 16:26