Coronavírus

Covid-19: Espanha regista desde sexta-feira 31.428 novos casos e 168 mortes

Covid-19: Espanha regista desde sexta-feira 31.428 novos casos e 168 mortes
PATRICIA CRISTOBAL

Madrid continua a ser a comunidade autónoma espanhola mais atingida

Espanha registou desde sexta-feira 31.428 novos casos de covid-19, o que faz subir o número total de infetados para 671.468, segundo números divulgados hoje pelo Ministério da Saúde espanhol.

O país tem ainda mais 168 mortos devido à doença notificados nos últimos três dias, aumentando o total de óbitos para 30.663.

Madrid continua a ser a comunidade autónoma espanhola mais atingida, com quase 200.000 dos casos positivos registados até hoje e mais de 9.000 mortes.

Por outro lado, deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 1.052 pessoas, das quais 308 em Madrid, 124 na Catalunha e 116 na Andaluzia.

Estão hospitalizados em todo o país 11.031 pessoas com o novo coronavírus, das quais 1.417 estão em unidades de cuidados intensivos.

A Espanha é um dos países do mundo mais atingido pelo novo coronavírus e a sua capital, Madrid, é neste momento um dos epicentros da doença, com uma taxa de infeção de mais de 680 pessoas por 100.000 habitantes em duas semanas.

O Governo regional de Madrid decidiu restringir, a partir de hoje, a liberdade de movimentos a mais de 850.000 pessoas, 13% dos seus habitantes, de zonas da cidade onde houve um grande aumento dos contágios.

A população afetada poderá, no entanto, sair do seu bairro para ir trabalhar, ao médico ou levar os filhos à escola.

O encerramento de jardins e parques é outra das medidas que entraram em vigor em 37 áreas sanitárias da capital espanhola, uma cidade que tem cerca de 6,6 milhões de habitantes num total nacional de 47 milhões.

Pandemia matou 961.531 pessoas no mundo

A pandemia do novo coronavírus fez mais de 961.531 mortos e mais de 31.110.400 casos de infeção em todo o mundo desde que a OMS declarou o surgimento da doença na China, no fim de dezembro, segundo um balanço feito hoje pela AFP.

Desde o início da pandemia,há pelo menos 21.082.500 doentes considerados curados.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (41.788 mortos, mais de 398 mil casos), seguindo-se Itália (35.724 mortos, mais de 299 mil casos), França (31.585 mortos, mais de 453 mil casos) e Espanha (30.663 mortos, mais de 670 mil casos).

Países mais afetados

Os países que registaram mais mortes nos mais recentes balanços são a Índia, com 1.130 óbitos, o Brasil (363) e a Argentina (254).

Entre os países mais duramente atingidos, o Peru é aquele que regista mais mortes em proporção da população, com 95 mortes por 100.000 habitantes, seguido pela Bélgica (96), a Bolívia (65), Espanha (65) e o Brasil (64).

  • Os Estados Unidos com 199.513 óbitos em 6.812.332 casos
  • Brasil, com 136.895 mortes, em 4.544.629 casos,
  • Índia, com 87.882 mortos (5.487.580 casos)
  • México, com 73.493 mortos (697.663 casos)
  • Reino Unido, com 41.759 mortos (394.257 casos).
  • China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) comunicou oficialmente um total de 85.291 casos (12 novos entre domingo e hoje), entre 4.634 mortes e 80.484 curados.

A América Latina e as Caraíbas totalizavam hoje de manhã 323.894 mortes, em 8.759.032 casos e a Europa 225.515 mortes (4.865.103 casos).

Portugal com mais 8 mortes e 623 casos de Covid-19

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta segunda-feira a existência de um total de 1.920 mortes e 69.200 casos de Covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.912 para 1.928 , mais 8 do que no domingo. O número de infetados aumentou de 68.577 para 69.200, mais 623.

Nas últimas 24 horas registaram-se mais 7 internamentos, aumentando para 518 o número de pessoas com Covid-19 internadas nos hospitais, enquanto foi registada uma redução de 2 utentes nos cuidados intensivos, num total de 61.

De ontem para hoje recuperaram 140 doentes, pelo que 45.736 pessoas já superaram a infeção desde o início da pandemia em Portugal.

Últimas Notícias