Coronavírus

Idosos infetados do lar ilegal de Gondomar transferidos para um hospital privado

José Vaio

José Vaio

Repórter de Imagem

Miguel Castro

Miguel Castro

Editor de Imagem

Pelo menos duas pessoas morreram devido à Covid-19.

Especial Coronavírus

A operação de retirada dos 24 idosos infetados começou ao início da tarde. Em poucas horas, 14 ambulâncias levaram os utentes para um hospital privado em Gondomar.

A autarquia vai assumir para já os custos desta solução provisória, mas pretende responsabilizar a proprietária da despesa, para além da queixa a apresentar no Ministério Público.

O lar funcionava há vários anos numa moradia.
Foi encerrado por falta de condições sanitárias e de licença de utilização.
Alguns familiares estão preocupados mas a autarquia garante que a Segurança Social já está a arranjar uma solução permanente para os utentes.

Há 5 idosos que testaram negativo à Covid 19 e que estão instalados numa residência sénior em Gaia.
Entre os infetados, há ainda 8 funcionários e a proprietária do lar.
Desde que o surto foi identifcado, na semana passada, morreram 2 dos 31 utentes que moravam neste lar ilegal.