Coronavírus

Desemprego baixa em Espanha

Paul White

Números são justificados pela contratação de mais professores e profissionais de saúde.

Especial Coronavírus

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha diminuiu em 26.329 pessoas em setembro, a maior redução neste mês desde 1996, atingindo um total de 3.776.485 pessoas.

Por outro lado, e de acordo com os dados revelados hoje pelo Ministério da Segurança Social espanhol, o número de pessoas inscritas na Segurança Social no último dia de setembro foi de 18.876.389, o que significa um aumento de 84.013 durante esse mês.

Este também é o melhor dado registado num mês de setembro desde o início da série estatística histórica, e é explicado pela ajuda dada pelo setor da Educação, com a contratação de mais professores, e o aumento do pessoal de saúde.

Destaque ainda para o facto de 98,2% dos novos inscritos na segurança social serem mulheres.

Veja também: