Coronavírus

Ursula von der Leyen em quarentena após ter estado presente no Conselho de Estado

MÁRIO CRUZ

A presidente da Comissão Europeia esteve em contacto com António Lobo Xavier que está infetado com covid-19.

Especial Coronavírus

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von de Leyen, vai estar em isolamento até terça-feira de manhã, por ter estado, na semana passada, em contacto com uma pessoa infetada, na reunião do Conselho de Estado, em Cascais, Lisboa.


"Fui informada que participei numa reunião, na terça-feira passada, onde estava uma pessoa que ontem [no domingo] testou positivo para a covid-19. De acordo com os regulamentos adotados, estarei em auto isolamento até amanhã [terça-feira] de manhã", escreveu a líder do executivo comunitário na sua conta na rede social Twitter.

Ursula von der Leyen fez um teste na quinta-feira, com resultado negativo, e fará outro ainda hoje.

No domingo à noite, a Presidência da República foi informada de que o conselheiro de Estado António Lobo Xavier está infetado com o vírus que provoca a covid-19.

Agenda de Ursula von der Leyen suspensa até terça-feira

A presidente cancelou a participação na terça-feira na sessão plenária do Parlamento Europeu e também não presidirá, no mesmo dia, à reunião do Colégio de Comissários, sendo substituída pelo vice-presidente Frans Timmermans, nem na cimeira UE-Ucrânia, na qual é representada pelo chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borrell, anunciou o porte-voz do executivo comunitário, Eric Mamer.


Mamer sublinhou que a presidente da Comissão Europeia "não apresenta quaisquer sintomas" da covid-19, esclarecendo que, por rotina, Ursula von der Leyen e a sua equipa mais próxima são testados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras.