Coronavírus

Covid-19 em França. Profissionais de saúde em greve contra falta de recursos humanos

Doentes com Covid-19 ocupam mais de 30% das camas de cuidados intensivos do país.

Especial Coronavírus

Os profissionais de saúde franceses entraram em greve contra a falta de recursos humanos nos hospitais. Os doentes com Covid-19 ocupam mais de 30% das camas dos cuidados intensivos no país e os profissionais de saúde exigem contrações em massa para responder à pandemia.

Esta quarta-feira, Emmanuel Macron anunciou o estado de emergência, com efeito a partir de sábado, e o recolher obrigatório em nove cidades, incluindo Paris. A medida abrange 20 milhões de pessoas que ficam proibidas de sair de casa entre as 21h00 e as 6h00.

O objetivo do presidente francês é diminuir o número de novos casos diários e reduzir a ocupação dos cuidados intensivos para, no máximo, 15%.