Coronavírus

França regista mais de 30.000 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Charles Platiau

País entra em estado de emergência no próximo sábado.

Especial Coronavírus

A França ultrapassou os 30.000 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, pela primeira vez desde o lançamento de testes em grande escala, de acordo com os dados da Saúde Pública francesa publicados esta quinta-feira.

O número de novas infeções é de 30.621, o que eleva o total de casos para os 809.684, especifica o órgão de saúde, acrescentando ainda 88 mortes nas últimas 24 horas, o que faz um total de 33.125 óbitos desde o início da pandemia.

No país existem 1.586 fontes de contágio em investigação ativa, dos quais 130 foram localizadas no último dia. A taxa de resultados positivos nos testes de diagnósticos é de 12,6% em todo o país.

O número de pacientes internados na última semana é de 6.529, dos quais 1.750 estão em Unidades de Cuidados Intensivos.

No balanço do órgão de saúde, as autoridades indicam que existem 84 departamentos, de um total de 101, em situação de vulnerabilidade elevada devido à forte circulação do vírus.

País entra em estado de emergência no sábado

O Governo confirmou esta quinta-feira que o país vai entrar em estado de emergência sanitária no sábado, o que permite a aplicação de medidas extraordinárias como o toque de recolher em Paris e outras oito grandes cidades, das 21:00 até às 06:00 locais, durante um mínimo de quatro semanas.

Além disso, estão proibidas as festas e celebrações privadas em todo o país e foi ampliada a aplicação de protocolos estritos de segurança em restaurantes e locais de receção de público em todo o país.

Enquanto o país se prepara para entrar em estado de emergência, os profissionais de saúde franceses entram em greve contra a falta de recursos humanos nos hospitais.

Os doentes com Covid-19 ocupam mais de 30% das camas dos cuidados intensivos no país e os profissionais de saúde exigem contrações em massa para responder à pandemia.