Coronavírus

Covid-19 em Espanha. "Aumento vai ser exponencial e é possível um colapso dos cuidados intensivos"

Entrevista a Luís Fagulha, médico português a trabalhar numa unidade de cuidados intensivos onde estão doentes covid-19.

Especial Coronavírus

O médico português Luís Fagulha, que trabalha numa unidade de cuidados intensivos onde estão doentes covid-19 em Espanha, explicou esta sexta-feira que os pacientes internados são mais jovens e menos graves.

"É uma situação ligeiramente melhor do que em abril", esclareceu.

Porém, o médico prevê que o aumento do número de casos vai ser exponencial e, por isso, é possível que haja um colapso dos cuidados intensivos nos próximos dias.

"Como houve um aumento de 20% nos pacientes críticos nos últimos dias, pode haver uma ocupação de 100% nos próximos três/quatro dias", disse o anestesista.

Em entrevista à SIC Notícias, referiu também que a coordenação entre hospitais é melhor do que em abril.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias