Coronavírus

Presidente da CM Cascais denuncia surto de Covid-19 em festa de luxo 

Carlos Carreiras dá conta de um outro surto num lar ilegal em Cascais

Especial Coronavírus

O presidente da Câmara de Cascais denunciou este sábado que um surto de covid-19 no concelho teve origem numa festa em Lisboa.

Carlos Carreiras disse no facebook que dezenas de jovens do concelho ficaram infetados e criaram mais cadeias de transmissão naquela festa que aconteceu num clube de luxo na capital.

O autarca escreveu ainda que há um outro foco de infeção num lar ilegal em Cascais que fez disparar o número de casos no concelho.

O país atingiu este sábado um novo máximo de casos de covid-19, um número que há uns meses parecia ser impensável: 3.669. Só na região Norte registaram-se mais de 2.200 infeções. A última semana é, assim, a pior de sempre desde o início da pandemia.

Desde março há registo de 116.109 casos de covid-19 e 2.297 mortes causadas pela doença.

Os internamentos hospitalares também atingiram nas últimas 24 horas os valores máximos registados desde o início da pandemia, num total de 1.455, mais 37 pessoas internadas do que na sexta-feira. Nos cuidados intensivos estão internados 221 doentes, mais 23 do que no dia anterior.

O Semanário Expresso, também avançou este sábado, que há pelo menos 72 concelhos do país que têm um um risco muito elevado de infeção pelo novo coronavírus e a a zona de maior incidência é na região Norte.

A fronteira de perigo é traçada quando existem mais de 120 novos casos de infeção por cada cem mil habitantes