Coronavírus

Covid-19 em França. Hospitais mais pressionados começam a transferir doentes

Mais de quatro mil pessoas estão internadas nos cuidados intesivos.

Especial Coronavírus

A situação nos hospitais franceses é grave: 85% das camas de cuidados intensivos estão ocupadas por doentes com Covid-19.

Com mais de quatro mil pessoas internadas nos cuidados intensivos, França intensifica os esforços para evitar a saturação do serviço de saúde.

Os hospitais em maior pressão já começaram a transferir doentes para regiões menos afetadas. Até quinta-feira, 61 doentes em estado grave tinham sido já transferidos. Ao mesmo tempo, são cada vez mais as cirurgias a sofrerem adiamentos.

Uma situação que tende a piorar, uma vez que os números continuam a subir de dia para dia. Esta quinta-feira foram diagnosticados 58 mil novos casos, o que representa o valor mais alto de sempre.

Com este cenário, começa a levantar-se a dúvida se o confinamento não poderá estender-se até ao Natal. Vários especialistas começam a não dar grandes esperanças aos franceses.

Veja também: