Coronavírus

Governo garante que mantém meta de aumento do salário mínimo

Primeiro-ministro reuniu esta quarta-feira com as centrais sindicais.

Saiba mais...

O primeiro-ministro diz que a pandemia veio revelar a necessidade de alterar e criar novas regras na área do emprego, como o teletrabalho, e diz que esta é uma prioridade da presidência portuguesa da União Europeia.

Foi depois de uma reunião com as centrais sindicais, esta quarta-feira de manhã, em São Bento, que António Costa reafirmou que o governo mantém as metas de aumentos salariais.

"Não alterámos a nossa meta para o aumento do salário mínimo nacional. Já dissemos que no próximo ano, mesmo com a crise que estamos a viver, continuará a haver um aumento do salário mínimo nacional", afirmou.

O encontro, que contou com o líder da Confederação Europeia dos Sindicatos, serviu para preparar a presidência portuguesa da União Europeia.

Veja também:

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.