Orçamento do Estado

Esquerda faz diferentes propostas para aumento do salário mínimo, mas direita está contra

PCP quer fixar salário mínimo nos 850 euros.

O Partido Socialista admite aumentar o salário mínimo para 750 euros até ao fim da legislatura, mas o PCP quer ir mais longe e defende que a subida devia chegar aos 850 euros o mais rápido possível.

Os três partidos de esquerda - PCP, PS e BE - querem que um aumento do salário mínimo, mas a velocidades diferentes. Já os partidos de direita pretendem travar as iniciativas para a subida, devido às dificuldades na economia e nas empresas.

A proposta do PCP é votada esta sexta-feira, mas mesmo que seja aprovada, é apenas uma recomendação ao Governo.