Coronavírus

Medidas do novo estado de emergência são "tardias e insuficientes"

Pneumologista e coordenador do gabinete de crise da Ordem dos Médicos diz que a fase critica da pandemia ainda está para chegar.

Saiba mais...

O gabinete de crise da Ordem dos Médicos reúne-se hoje para avaliar a atual situação pandémica. O coordenador Filipe Froes deixa fortes criticas à falta de preparação e antecipação desta segunda vaga e diz que a pandemia está em fase ascendente e dezembro poderá ser o mês mais dramático.

Os meses de verão deveriam ter sido estratégicos na antecipação e e contenção da segunda vaga. Filipe Froes diz que os sinais sugiram no terreno em setembro e outubro mas foram desvalorizados pelo poder central.

Tardias e insuficientes é como Filipe Froes classifica as medidas do novo estado de emergência

Dias definitivamente melhores virão, provavelmente a partir do na terceiro trimestre de 2021 com a chegada da anunciada vacina.

VEJA MAIS NO ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

As notícias mais recentes em https://sicnoticias.pt/ultimas

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.