Coronavírus

Covid-19. Os critérios levados em conta para a escolha de uma vacina

Miguel Castanho, Investigador Instituto Medicina Molecular, explica os critérios que vão ser avaliados.

Especial Coronavírus

Existem dezenas de vacinas para a covid-19 em fase de testes e algumas, como é o caso da Pfizer e da Moderna, já apresentaram uma eficácia alta na fase 3 dos ensaios clínicos. Porém, a eficácia não é o único fator a levar em conta na escolha de uma vacina.

Miguel Castanho, investigador do Instituto de Medicia Molecular, explica que a segurança é um fator decisivo, que pode excluir várias vacinas desta corrida. Outro aspeto importante é a capacidade de manusear a vacina, tendo em conta a temperatura a que deve estar, o modo de produção e de distribuição.

O investigador esclarece que a conversa sobre cada uma das opções não deve ser exacerbada, porque no final todas vão ser colocadas em cima da mesa e vão ser comparadas. Para além disso, algumas vacinas podem revelar-se melhores para uns casos e outras para outros, conforme fatores como a idade ou a existência de doenças crónicas.