Coronavírus

Stayaway Covid. Apenas 1.700 infetados inseriram o código na aplicação

Poucos utilizadores inserem os dados.

Especial Coronavírus

António Costa quis tornar a aplicação Stayaway Covid obrigatória, mas apenas em 3% dos casos positivos foi lançado o código de alerta.

Desde que ficou disponível a 1 de setembro, a aplicação foi descarregada mais de 2,6 milhões de vezes. O objetivo é que alerta os utilizadores quando estão em contacto com alguém infetado. Para isso, é preciso que quem testa positivo coloque um código na ‘app’ fornecido pelo médico.

O instituto responsável pela Stayaway Covid, em parceria com o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, fez as contas: estão a ser gerados poucos códigos e nem todos dão entrada na aplicação.

Desde setembro, os clínicos geraram apenas 6.200 códigos, o que representa 3,3% dos infetados, dos quais só foram inseridos na Stayaway Covid 1.700. Com estes dados, seria pouco eficaz tornar a aplicação obrigatória, como pedia António Costa.

A SIC contactou a Ordem dos Médicos, mas não obteve resposta.

  • 1:44