Coronavírus

OMS reconhece descida de novos casos na Europa e pede “extrema cautela” para o Natal

Diretor-geral da OMS alerta que estar com a família e amigos “não compensa” se os colocarmos em risco.

Saiba mais...

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pede “extrema cautela” aos países da Europa, depois de ter havido uma descida no número de novos casos de covid-19. Com o Natal e as festas a chegar, a OMS recomenda que as celebrações sejam feitas dentro do mesmo agregado familiar.

A menos de um mês da época estiva, a OMS avisa que este período não pode ser razão para um descuido nas regras de prevenção. Evitar viagens ou grandes aglomerados, fazer compras online e evitar ajuntamentos entre agregados familiares diferentes são algumas das recomendações.

“Todos queremos estar com as pessoas que amamos nos períodos festivos. Mas estar com a família e os amigos não compensa se os colocarmos a eles ou a nós em risco. Há que ter em conta que vidas estão em jogo nas decisões que tomamos. A pandemia de covid-19 vai mudar o modo como comemoramos, mas isso não significa que não possamos comemorar. Podemos comemorar na mesma”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, em conferência de imprensa.

A organização realçou a primeira descida do número de novos casos na Europa desde setembro, deixando palavras de elogio aos resultados conseguidos nos países que tomaram medidas para conter o aumento de contágios.

Depois de nove meses de pandemia, a OMS reconhece que há algum cansaço da população no cumprimento das regras da prevenção contra a covid-19. No entanto deixam um alerta: qualquer desrespeito poderá levar a um agravamento da situação.

  • 1:57