Coronavírus

Covid-19. Reino Unido suspende vacinação de pessoas com historial de alergias graves

Ensaios clínicos da vacina não mostraram problemas com alergias.

Saiba mais...

O regulador britânico de saúde suspendeu temporariamente a vacinação contra a covid-19 de pessoas com historial de alergias graves. A decisão foi tomada na sequência de dois profissionais de saúde terem sofrido um choque anafilático depois de terem sido vacinados.

Pessoas com alergias graves não devem tomar a vacina contra a covid-19

O alerta é preventivo e aplica-se quer a alergia a medicamentos, quer a produtos alimentares.

De acordo com a imprensa britânica, os dois funcionários em causa tinham um historial de alergias grave, ao ponto de terem de andar com uma "caneta" de adrenalina para situações de emergência.

Pouco depois de serem vacinados, os dois sofreram um "choque anafilático", mas recuperaram ao receber o tratamento adequado. Este tipo de reações alérgicas são repentinas e generalizadas, começando geralmente com uma sensação de formigueiro e tontura.

A Pfizer já reagiu

Um porta-voz da empresa afirmou que nos ensaios clínicos não foi detetado nenhum problema relacionado com alergias, mas, como medida preventiva, a farmacêutica apoia a decisão do regulador britânico.

Apesar destes dois casos, milhares de pessoas continuam a ser imunizadas no país sem quaisquer problemas.

Entretanto, o Serviço Nacional de Saúde britânico fez saber que vai dar um cartão de registo a todas as pessoas vacinadas para poder ser acompanhado todo o processo que se segue depois da tomada da primeira dose da vacina, havendo uma atualização constante até à tomada da segunda dose.

  • 3:19