Coronavírus

Costa revela qual pode ser o 1.º dia da vacinação contra a covid-19 em Portugal

Primeiro-ministro defende que a vacinação deve começar ao mesmo tempo em toda a União Europeia.

Saiba mais...

António Costa avançou esta manhã em Bruxelas, no final do conselho europeu, que o primeiro dia da vacinação contra a covid-19 em Portugal poderá ser 5 de janeiro.

O primeiro-ministro defende que a vacinação deve começar ao mesmo tempo em toda a União Europeia.

VACINAÇÃO COMEÇA EM JANEIRO, UM OU DOIS DIAS APÓS CHEGADA A PORTUGAL

O coordenador do Plano Nacional de Vacinação garante que Portugal vai poder vacinar contra a covid-19 50 mil pessoas por dia nos centros de saúde.

Francisco Ramos diz que este número pode ser atingido sem pôr em causa a restante atividade das unidades.

As primeiras vacinas deverão começar a ser administradas no início de janeiro, um ou dois dias após a chegada dos medicamentos a Portugal.

"É PRECISO VACINAR 10% DA POPULAÇÃO PARA CONTROLAR A PANDEMIA" EM PORTUGAL

O presidente da Associação de Medicina Geral e Familiar considera que, em poucas semanas, é preciso vacinar 10% da população para controlar a pandemia.

Rui Nogueira diz que será possível administrar a vacina a 50 mil pessoas por dia como define o Plano Nacional de Vacinação.

A Ordem dos Enfermeiros garante que os profissionais vão responder à chamada para que os grupos mais vulneráveis sejam vacinados.

3.ª fase da vacinação em Portugal será feita por ordem de inscrição

A Comissão Técnica de Vacinação para a Covid-19 prevê que o número de doses disponíveis depois de terminadas as primeiras duas fases para os grupos prioritários de vacinação, será suficiente para que não sejam implementados critérios específicos, nem criados mais grupos prioritários para além dos que já estão previstos.

Um dos elementos da Comissão Técnica adiantou ao Expresso que a distribuição só terá de ser alterada se houver atrasos na entrega das vacinas.

Portugal vai receber 22 milhões de doses. Os grupos prioritários deverão receber 3,7 milhões de doses até junho.