Coronavírus

Covid-19. Reino Unido vacinou 138 mil pessoas na primeira semana

A Rússia já administrou 150 mil doses da Sputnik V e os Estados Unidos começaram a inocular militares.

Saiba mais...

Na primeira semana de vacinação contra a covid-19 no Reino Unido, 138 mil pessoas receberam a primeira dose da vacina da Pfizer, segundo dados avançados pelo ministro da Saúde.

Na Rússia, o Governo afirma que a Sputnik V já chegou a todas as regiões do país e já foram administradas 150 mil doses nos grupos prioritários. Também os Estados Unidos já começaram a inocular os militares com as primeiras doses.

Na Argentina a aposta em vacinas como a da AstraZeneca e a Sputnik está a atrasar o processo de distribuição. O ministro da Saúde denuncia as exigências da Pfizer, principalmente a condição de imunidade judicial em caso de efeitos adversos da vacina.

Já no Brasil, Jair Bolsonaro parece ter ficado rendido às vacinas. O Presidente brasileiro convocou o país para apresentar o plano nacional de vacinação, mesmo sem datas ou sem uma vacina aprovada.

A chegada das vacinas aos países com menor rendimento estão agora em risco. Segundo a OMS e a GAVI, a falta de financiamento e a escassez de vacinas – que estão a ser disputadas entre os países mais ricos – pode atrasar a chegada de vacinas para 2024 em 91 países.

  • Quem és tu, César?

    Extremos

    Quando a investigação da SIC percebeu que a vida publicada de César do Paço poderia ser fruto da imaginação do protagonista, fizemos alguns esforços para conhecer a verdadeira face do empresário. O essencial dessas descobertas será revelado na Grande Reportagem "Cifrões e outros demónios, 2ª edição", último episódio da série "A Grande Ilusão", mas o detalhe dos dois doutoramentos revelamo-lo já aqui.

    Pedro Coelho

  • 0:23