Coronavírus

OMS alerta: nas reuniões familiares a máscara só deve ser tirada à refeição 

Tomás Pires

Tomás Pires

Editor de Imagem

A Organização Mundial da Saúde reforça que a Europa arrisca passar por uma terceira vaga de covid-19 já em janeiro. 

Saiba mais...

O grande receio da Organização Mundial de Saúde é ver um relaxamento global dos cuidados sanitários.

As medidas para o natal são diferentes de país para país, mas em qualquer situação, em família, a máscara só deve ser tirada à mesa da refeição.

As recomendações da DGS para um Natal em família

A cerca de 10 dias do Natal, Rui Portugal, subdiretor-geral da Saúde, apresentou em conferência de imprensa, esta terça-feira, 10 recomendações da Direção-Geral da Saúde para os portugueses passarem o Natal em família e em segurança.

O responsável salientou que as regras definidas pelo Governo devem ser cumpridas "para honrar" a diminuição de casos de covid-19 nos últimos dias e referiu que é importante gerir expectativas em relação aos encontros familiares.

"É importante gerir as expectativas de cada um: dos mais novos que irão perguntar o porquê desta situação, o porquê dos avós não estarem, e as expectativas daqueles que nós mais queremos e a quem devemos a vida, os nossos pais e os nossos avós, que também estarão assustados", afirmou o responsável.

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes