Coronavírus

Covid-19. Costa não considera fazer alterações ao plano de vacinação

O primeiro-ministro garante que a distribuição das vacinas por fases foi uma decisão técnica.

Especial Coronavírus

António Costa afirma que a ordem de vacinação dos portugueses contra a covid-19foi adaptada ao número de vacinas disponíveis em cada fase. Garante que a decisão foi técnica, mas que tem o apoio total do Chefe do Governo.

A Ordem dos Médicos veio exigir que todos os idosos sejam incluídos na primeira fase de vacinação, mas António Costa diz, em entrevista à Lusa, que os critérios foram definidos por um grupo de trabalho técnico e não considera eventuais alterações ao plano.

O primeiro-ministro disse ainda que o país vai ter condições únicas para fazer fase à crise económica e rejeita qualquer cenário de crise política em Portugal.