Coronavírus

Hospital de Coimbra esgota capacidade para receber doentes covid-19

Estão previstas um aumento do número de camas, mas faltam profissionais de saúde.

Saiba mais...

O hospital de Coimbra esgotou, em vários momentos dos últimos dias, a capacidade para receber doentes covid-19. Há mais camas para abrir até ao fim de semana, mas os médicos alertam para a falta de profissionais de saúde.

O hospital dos Covões, que está a funcionar como espaço dedicado aos doentes infetados pelo novo coronavírus, resistiu à primeira vaga, mas chegou agora ao limite da capacidade. As enfermarias para doentes não críticos estão cheias e houve até pacientes que ficaram na urgência à espera da abertura de vagas.

Numa carta enviada ao conselho de administração, um grupo de médicos denuncia uma situação de grave quebra de assistência dos doentes internados e pede o reforço do número de profissionais. A resposta ao problema passa por estender a área covid-19 a novas enfermarias e também a espaços nos Hospitais da Universidade de Coimbra. Esta medida permite abrir mais de 70 camas.

O hospital reconhece que o risco de rutura é real, mas garante que não há profissionais disponíveis para contratar e que a pressão só vai aliviar quando começar a baixar o número de infetados.