Coronavírus

Costa deixa alerta: "Podem ser adotadas medidas de confinamento geral" 

Na próxima semana, poderão entrar em vigor medidas mais restritivas. 

Especial Coronavírus

O primeiro-ministro anunciou esta quinta-feira que o Governo decidiu prolongar as restrições de combate à pandemia de covid-19, aplicadas na passagem de ano, dizendo mesmo que "podem ser adotadas medidas de confinamento geral" na próxima semana.

Entre as medidas estão a proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório às 13:00 durante este fim de semana.

Numa conferência de imprensa, após o Conselho de Ministros, António Costa revelou que, de acordo com os mapas de risco, as medidas só não serão aplicadas em 25 concelhos do país.

A partir de dia 12, poderão entrar em vigor medidas mais restritivas. Este é o dia em que é feita a reunião do Infarmed. Na sexta-feira, está convocada uma reunião de emergência os partidos e parceiros sociais com o objetivo de debater um eventual agravamento das medidas restritivas.

O primeiro-ministro admitiu que o país pode voltar a um confinamento nacional, como aconteceu em março, exceto em relação às escolas.

Em relação aos casos diários de covid-19, o chefe de Governo reconheceu o "agravamento da situação".