Coronavírus

Covid-19. Cerca de 15% das empresas correm o risco de encerrar 

Alojamento e restauração entre os setores mais afetados. 

Saiba mais...

Cerca de 15% das empresas em Portugal correm o risco de entrar em falência.

Os fortes impactos económicos da pandemia de covid-19, com um inesperado período de confinamento e várias restrições ao longo de 2020, levaram à insolvência de 2.270 empresas.

Os setores mais afetados são o alojamento e restauração, transporte de passageiros e todas as diferentes atividades ligadas ao turismo.

Com a pandemia, aumentaram os dias de atraso nos pagamentos. No final do ano passado, apenas 15,9% das empresas fizeram contas atempadamente com os fornecedores. O número médio de dias em atraso foi de 27,3 dias.

Em 2020, a criação de novas empresas também caiu para 24%, valores semelhantes aos de 2016.