Coronavírus

Covid-19. Governo francês não descarta endurecimento das restrições

Reabertura de restaurantes foi adiada.

Saiba mais...

França adiou a reabertura de cafés e restaurantes, cinemas, teatros e museus. Os espaços deviam voltar a funcionar no dia 20 de janeiro, mas afinal vão manter-se fechados pelo menos até ao fim deste mês.

O adiamento foi confirmado pelo primeiro-ministro francês esta sexta-feira, justificando a decisão com a necessidade de o país não poder “baixar a guarda” nas próximas semanas. Jean Castex explica que é necessário manter as medidas restritivas e que poderá mesmo vir a endurecê-las dependendo da evolução do número de casos.

Em França, uma em cada duas camas de cuidados intensivos está ocupada por doentes covid-19 e a atividade não urgente tem sido adiada de forma a aliviar a pressão nos hospitais. O país regista já mais de 66.500 vítimas mortais por covid-19.

  • 14:54