Coronavírus

Covid-19. Confinamento geral deverá durar mais de 15 dias 

De acordo com o Público, o novo confinamento entrará em vigor às 00:00 da próxima quinta-feira.  

Especial Coronavírus

As medidas relativas ao novo confinamento geral só deverão ser conhecidas a meio da próxima semana, mas o Público avança que deverá entrar em vigor a partir de quinta-feira e que irá durar mais de 15 dias.

O Presidente da República defende que não há outra alternativa a não ser voltar a fechar o país.

Marcelo Rebelo assumiu ainda a responsabilidade do fracasso das medidas tomadas no Natal, quando foi permitida a circulação entre concelhos e o horário do recolher obrigatório foi alargado.

Um alívio das medidas que pode ter custado os cerca de 10 mil casos de covid-19 diários registados durante a última semana.

Este aumento não deixou outro caminho ao Governo a não ser voltar a fechar o país. A situação será semelhante à que aconteceu no início da pandemia, o que pode significar que restaurantes e comércio não-alimentar voltem a estar entre as atividades mais afetadas.

O Governo pode nem esperar pelo próximo estado de emergência e antes de dia 15 avançar. De acordo com o Jornal Público, o novo confinamento entrará em vigor às 00:00 da próxima quinta-feira.

Segundo o jornal, o período de paralisação irá durar mais de 15 dias e as deslocações serão restringidas ao essencial, sendo permitidas apenas no dia das Presidenciais para o exercício do direito de voto.