Coronavírus

Covid-19. Médico explica porque é que os hospitais de campanha não servem para casos graves

Em causa estão questões logísticas.

Saiba mais...

João Gouveia, médico intensivista no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, explica que os hospitais de campanha são importantes, mas não são uma solução para os doentes mais graves porque, com raras exceções, colocam-se questões logísticas como o fornecimento de oxigénio.

O médico explica que os doentes que acabam por se deslocar para hospitais de campanha são aqueles de baixa gravidade ou aqueles que, por razões sociais, não têm capacidade para estar em isolamento em casa.

João Gouveia refere que os hospitais de campanha não resolvem o problema de sistema, explicando que o ponto mais franco, neste momento, é a necessidade de recursos humanos.

  • 1:32