Coronavírus

Voos entre Portugal e Reino Unido suspensos a partir de sábado

ANTÓNIO COTRIM

Conselho Europeu decide manter abertas as fronteiras internas.

Saiba mais...

O primeiro-ministro anunciou esta quinta-feira que as ligações aéreas entre Portugal e o Reino Unido vão ser suspensas a partir da meia-noite deste sábado e que as fronteiras internadas da União Europeia vão continuar abertas.

"O Governo decidiu interromper totalmente os voos de Portugal para o Reino Unido e do Reino Unido para Portugal a partir das 00:00 horas do próximo sábado", afirmou António Costa.

A única exceção à medida são os voos de natureza humanitária para repatriar cidadãos portugueses e britânicos: "serão unicamente realizados os voos com natureza humanitária para assegurar o repatriamento de portugueses que desejem regressar a Portugal, ou de cidadãos britânicos que desejem regressar ao Reino Unido".

António Costa anunciou a medida após ter participado por videoconferência numa cimeira informal de líderes da União Europeia destinada a coordenar entre os Estados-membros as medidas de combate à covid-19.

Na cimeira, o Conselho Europeu decidiu manter abertas as fronteiras internas da União Europeia. Bruxelas defendeu que "não faz qualquer sentido criar barreiras ao mercado único, que não acabariam com o vírus".

"Relativamente a países terceiros, a decisão foi de manter as medidas que existem de controlo da pandemia", acrescentou António Costa.

Comissão Europeia desaconselha viagens não essenciais

A presidente da Comissão Europeia diz que as viagens não essenciais devem ser evitadas.

Com o aumento de infeções por covid-19 e da propagação da variante britânica, a União Europeia propõe criar um mapa com uma zona vermelha para identificar zonas de risco mais elevado.

  • O exemplo inglês 

    Opinião

    Na década de oitenta, as tragédias de Heysel Park primeiro e de Hillsborough depois, atiraram a credibilidade do futebol inglês para a sarjeta.

    Duarte Gomes