Coronavírus

Covid-19. Hospitais da periferia de Lisboa falam em distribuição desigual de doentes

Administradores pedem uma gestão de camas equilibrada.

Saiba mais...

Os administradores de sete hospitais da periferia de Lisboa dizem que a distribuição de doentes covid não está a ser equilibrada.

Os administradores dos hospitais Barreiro/Montijo, no Barreiro, Beatriz Angelo, em Loures, Garcia de Orta, em Almada, Cascais, Amadora Sintra e Vila Franca de Xira responsabilizam a Administração Regional de Saúde de não estar a conseguir gerir o esforço dos hospitais da região.

Dão com prova as taxas de esforço dos diferentes hospitais no final da semana passada. O Hospital de Loures era o mais pressionado, seguindo-se Vila Franca de Xira, Setúbal e Cascais. Estes valores contrastam com a pressão sentida nos Centros Hospitalares Lisboa Central, onde está o S. José, e Lisboa-Norte, que tem o Santa Maria, com uma pressão pouco acima dos 30%.