Coronavírus

Covid-19. Portugal com mais 260 mortes e 5.540 novos casos

Hospital de Santa Maria, Lisboa

Bloomberg

Número de internamentos baixou e registou-se um novo máximo de recuperados em 24 horas.

Saiba mais...

Portugal contabiliza esta terça-feira mais 260 mortes e 5.540 novos casos de covid-19, segundo o balanço diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 13.017 mortes e 731.861 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando esta terça-feira ativos 166.888 casos, menos 12.292 em relação a segunda-feira.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internadas em enfermaria 6.775 pessoas, menos 94 que no dia anterior, e 852 em cuidados intensivos, menos 13.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 215.536 contactos, menos 4.817 relativamente a ontem.

O boletim revela ainda que foram dados como recuperados mais 17.572 doentes - um novo máximo diário desde o início da pandemia. Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram 551.956 pessoas.

DADOS POR REGIÃO

Relativamente às 260 mortes registadas nas últimas 24 horas, 116 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 55 na região Centro, 65 na região Norte, 17 no Alentejo e 7 na região do Algarve.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 2.520 novas infeções, contabilizando-se até agora 267.927 casos e 5.100 mortes.

A região Norte registou mais 1.596 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e desde o início da pandemia já contabilizou 309.008 casos de infeção e 4.611 mortes.

Na região Centro, registaram-se mais 940 casos, acumulando-se 104.034 infeções e 2.307 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 230 casos, totalizando 25.552 infeções e 705 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 126 novos casos, somando 17.569 infeções e 226 mortos.

A Madeira registou 110 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 4.221 infeções e 43 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 18 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.550 infeções e 25 mortos.

Pedro Nunes

DADOS POR GÉNERO E FAIXA ETÁRIA

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 330.550 homens e 401.081 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 230 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 6.789 eram homens e 6.228 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de 13.017 mortes, 8.763 eram pessoas com mais de 80 anos, 2.661 com idades entre os 70 e os 79 anos e 1.103 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Armando Franca

Especialista diz que pico pode já ter passado mas não em Lisboa

O professor Carlos Antunes diz que Portugal poderá já ter ultrapassado o pico da pandemia de covid-19, exceto na região de Lisboa e Vale do Tejo. Na SIC Notícias, afirma que o pico na região poderá ser atingido nos próximos dias.

Portugal pode chegar aos "1.100 doentes em medicina intensiva na segunda semana de fevereiro"

O presidente da Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva Covid-19 disse que as previsões dos próximos tempos apontam para um número de casos muito elevado e que os internamentos em medicina intensiva podem chegar a mais de 1.100 na segunda semana de fevereiro.

"Neste momento o nosso foco é aumentar a capacidade de medicina intensiva", diz João Gouveia.

Em entrevista à SIC Notícias, o médico reconhece que se aproximam dias muito duros "fruto dos números muito altos das semanas anteriores".