Coronavírus

Matemático defende que Portugal devia manter confinamento até finais de março

Henrique Oliveira alerta para os perigos do desconfinamento.

Saiba mais...

Portugal pode já ter ultrapassado o pico de contágios na terceira vaga. A única exceção do país é a região de Lisboa e Vale do Tejo, onde os números continuam sem estabilizar.

O Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa prevê que a pressão nos hospitais comece a aliviar só no mês de março.

Para o matemático Henrique Oliveira, Portugal devia manter-se em confinamento até 22 de março e só nessa altura avaliar se há condições para reabrir o comércio, transportes e sobretudo escolas.

VISITE O ESPECIAL CORONAVÍRUS