Coronavírus

Covid-19. Há 29 concelhos acima do limite para desconfinar

Alandroal e Nordeste são os mais preocupantes.

Saiba mais...

No mapa de risco, há 29 concelhos acima do limite e que, por isso, podem não desconfinar. Alandroal, no Alentejo, e Nordeste, nos Açores, são as duas zonas mais preocupantes.

Para desconfinar, o Governo estabeleceu um limite de novos casos por 100 mil habitantes. No mapa do país há agora 29 concelhos acima desse limiar, que podem não avançar na reabertura do país. A linha é mais vermelha no Alandroal, no Alentejo, e no Nordeste, nos Açores.

São os concelhos mais preocupantes, seguindo-se Barrancos, Moura, Odemira, Machico, Rio Maior, Vila Franca do Campo e Portimão.

Com uma incidência um nível abaixo estão outros 21 concelhos. Destaque para Albufeira, Lagoa e Vila do Bispo, no Algarve, região com o maior índice de transmissibilidade de Portugal continental.

Em dois meses, Portugal poderá atingir 120 casos por 100 mil habitantes

Com o atual ritmo de crescimento e com o efeitos da Páscoa e do desconfinamento a sentirem-se nas próximas semanas, Portugal poderá dentro de dois ou mais meses atingir uma taxa de incidência de 120 casos por 100 mil habitantes.

O alerta é da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Ricardo Jorge, que no relatório dos últimos 14 dias é contabilizada uma incidência de infeções de 66 casos e que calcula que com a tendência ligeira de crescimento nacional e um tempo de duplicação previsto de 86 dias o país pode atingir no verão números preocupantes.

O Governo tinha definido como linhas vermelhas para avançar com as medidas de reabertura precisamente 120 novos casos por dia por 100 mil habitantes ou um Rt que ultrapasse o 1, o que já está a acontecer a nível nacional, com exceção para a região do Alentejo.

Veja também: