Coronavírus

População de Moura indignada com recuo no desconfinamento

Concelho regista uma incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes.  

O concelho de Moura vai dar um passo atrás no desconfinamento. Nos últimos 14 dias, registou uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes.

Tudo o que tinha aberto a 5 de abril volta a encerrar e apenas o ensino segue o plano de reabertura.

Em duas avaliações sucessivas, como determinam os especialistas, Moura manteve-se na zona vermelha porque há 14 dias registou uma taxa de incidência de mais de 240 casos por 100 mil habitantes, uma regra que o autarca considera desajustada e injusta.

Para além de Moura, também Rio Maior, Odemira e Portimão vão voltar a estar sob as regras da primeira fase.

Estes concelhos devem cumprir as regras que estavam impostas a 15 de março, no arranque do desconfinamento.

DESCONFINAMENTO A TRÊS VELOCIDADES. O QUE MUDA A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA?

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros