Coronavírus

António Costa admite o regresso do país à normalidade já em setembro

Primeiro-mnistro afasta crise política.

Saiba mais...

O primeiro-ministro aponta o fim do verão como a data provável de regresso à normalidade, mas não acredita que o turismo contribua para a recuperação económica este ano.

Questionado sobre uma eventual crise política durante a pandemia, o primeiro-ministro diz que só "num grau de insanidade total".

Em entrevista à TSF, Diário de Notícias e Jornal de Notícias, António Costa diz que não acredita que o turismo contribua para a recuperação económica este ano.