Coronavírus

Covid-19. Índia atinge valor de mortes diário mais alto desde o início da pandemia

DIVYAKANT SOLANKI

Ultrapassando, no total, os 250 mil óbitos.

Saiba mais...

A Índia registou 4.205 mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, o valor mais alto desde o início da pandemia, ultrapassando os 250 mil óbitos, anunciou esta quarta-feira do Ministério da Saúde indiano.

O país, a braços com uma segunda vaga que dura há mais de um mês, totaliza agora 254.197 mortes desde o início da pandemia.

Vários especialistas consideraram, no entanto, que o número real de óbitos seja mais elevado.

"As mortes são muito superiores ao que indicam os dados oficiais", disse o investigador em política de saúde e bioética Anant Bhan, apontando que o total pode ser "três a quatro vezes" maior que o número de óbitos confirmados.

Nas últimas 24 horas, o país contabilizou ainda mais 348.421 infeções com o novo coronavírus, o que aumenta o total de casos para 23,3 milhões.

A Índia é o segundo país no mundo com mais infeções, depois dos Estados Unidos, contando atualmente mais de 3,7 milhões de casos ativos, e o terceiro com mais mortes, a seguir aos EUA e ao Brasil.

Com cerca de 1,3 mil milhões de habitantes, a Índia administrou cerca de 175 milhões de vacinas desde o arranque da campanha de vacinação, em 16 de janeiro, de acordo com os números atualizados diariamente pelo Ministério da Saúde indiano.