Coronavírus

Santos Populares. Lisboa sem arraiais, Porto permite festejos controlados

Especialistas lembram que a incidência da covid-19 é diferente nas duas cidades.

Saiba mais...

Pelo segundo ano consecutivo não vai haver arraiais em Lisboa. O Presidente da Câmara diz que não se pode ter um “país esquizofrénico” que numa semana crítica aos festejos na final da Liga dos Campeões e que noutra crítica os responsáveis por decidirem proibir os Santos Populares.

Opinião diferente tem a autarquia do Porto, que vai permitir festas controladas.

Os especialistas alertam para a possibilidade de aglomerações de pessoas e pedem regras claras para travar uma subida de contágios.

Autarcas de Lisboa e Porto não estão de acordo

Os Santos Populares reúnem milhares de pessoas nas ruas. Pelo segundo ano consecutivo, as festas não vão ser celebradas como antes da pandemia. Em Lisboa os típicos arraiais foram proibidos. O Presidente da Câmara assegura que é a decisão mais responsável.

Decisão diferente teve a autarquia do Porto, que permite festas controladas em três locais da cidade. Os especialistas lembram que a incidência é diferente em Lisboa e no Porto, mas mostram-se preocupados com a possibilidade de ajuntamentos.

A Direção-Geral da Saúde lembra as recomendações em vigor.