Coronavírus

Covid-19. Algarve considera injusto retirar Portugal da lista verde do Reino Unido

Os cancelamentos no setor hoteleiro aumentaram depois de ter sido oficializada a decisão.

Saiba mais...

Portugal irá sair da lista britânica de países seguros para viajar. Assim que foi conhecida a decisão, o Algarve começou a receber cancelamentos de reservas. A medida é considerada injusta, mas os empresários têm esperança que a decisão mude em pouco tempo.

Só os hotéis do Algarve recebem cerca de dois milhões de britânicos por ano. A esses, juntam-se outro milhão que tem uma segunda residência na região ou que passa férias em casa de familiares.

Duas semanas depois de os voos terem sido retomados, a decisão do Governo britânico de retirar Portugal da lista ver é vista como um puxar de tapete a quem já tinha férias marcadas. E bastou a circularem de notícias sobre a possibilidade – ainda antes de ter sido confirmado – para começarem a chover cancelamentos.

O Algarve é a região que deverá sentir o maior impacto. Consideram injusta a decisão britânica de retirar Portugal da lista de destinos seguros.

Para evitar a quarentena no regresso a casa, há turistas que poderão encurtar a estadia e voltar ao Reino Unido antes de terça-feira – data em que entre em vigor a alteração.

  • 4:21