Coronavírus

Covid-19. Pessoas ainda não vacinadas "estão suscetíveis a complicações sérias"

O investigador apela a que se cumpram as regras para que o vírus não atinja as pessoas de risco.

Saiba mais...

O investigador principal do Instituto de Medicina Molecular (IMM) diz que a covid-19 tem sido detetada sobretudo nos mais jovens. Miguel Prudêncio faz um apelo para que cumpram as regras e lembra que há pessoas mais velhas que ainda não estão imunizadas.

“Ao potencialmente transmitirem o vírus a essas pessoas, estão a pôr em causa a vida destas pessoa que neste momento ainda não tema proteção que é conferida pelas vacinas e, portanto, estão suscetíveis complicações sérias se contraírem a doença”, disse em entrevista à SIC Notícias.

Miguel Prudêncio lembra que, apesar de haver uma “cobertura vacinal significativa nas faixas de maior risco”, há ainda pessoas da risco moderado que não foram inoculadas contra a covid-19.

Veja mais: