Coronavírus

Covid-19. Variante Delta provoca aumento de casos em vários países

Na sequência do aumento de casos associados à variante Delta, vários países decidiram impor novos confinamentos e reforçar medidas restritivas.

Saiba mais...

Na Austrália, o risco de contágio cresce em efeito dominó. Várias regiões vão anunciando medidas e confinamentos, num movimento desencadeado pela ameaça da variante Delta.

Medidas de prevenção replicam-se em vários países do sudeste asiático. A Tailândia enfrenta a pior fase da pandemia, com nove províncias com restrições máximas. A área da capital, Banguecoque, entrou em confinamento total.

O Governo da Malásia anunciou o prolongamento do confinamento até o número de casos diários descer abaixo dos 4.000.

A preocupação com o avanço da variante Delta tornou-se global. No Brasil, o Ministério da saúde confirmou a primeira morte pela variante, uma grávida de 42 anos.

Nos EUA, as autoridades informaram que a estirpe está presente em 49 dos 50 Estados, o que levou os especialistas a alertarem que pode ser a maior ameaça ao esforço do país para erradicar a doença.

Na capital russa quase 90% dos casos devem-se à variante Delta. Contabilizaram-se nas últimas horas mais de 7.200 novas infeções e o maior número de mortes diárias desde o início da pandemia.

Veja também: