Coronavírus

Covid-19. Reino Unido deverá atingir os 50 mil casos diários dentro de 15 dias

Correspondente SIC

A última fase do desconfinamento de Inglaterra está marcada para dia 19, mas até lá, diz o primeiro-ministro, o cenário vai piorar. Ainda assim, Boris Johnson diz que a vacina oferece garantias suficientes para acabar com quase todas as restrições.

Saiba mais...

O primeiro-ministro britânico disse, esta segunda-feira, que daqui a duas semanas o país deverá registar 50.000 casos de covid-19 por dia. Ainda assim, Boris Johnson diz que a vacina oferece garantias suficientes para acabar com quase todas as restrições em Inglaterra já no dia 19.

São dados preocupantes, que noutras circunstâncias teriam antecedido o anúncio de novo confinamento, mas desta vez, é diferente, graças às vacinas. Apesar de o número de casos de covid-19 continuar a aumentar no país, Johnson disse que a maioria das pessoas hospitalizadas não estava vacinada e que o número de mortes continua reduzido.

Para além do final da obrigatoriedade do uso de máscara, vão ser também levantadas as restrições sobre o número de pessoas que podem ser convidadas para casas pessoais, assim como a indicação de teletrabalho.

Boris Johnson confirmou ainda o fim da quarentena para passageiros com vacinação completa chegados de países da lista amarela, como Portugal.

Veja também: