Coronavírus

Covid-19. Governo aprova garantias públicas pós-moratórias aos setores mais afetados

ANTÓNIO COTRIM

Anunciou o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

Saiba mais...

O Governo aprovou esta quinta-feira em Conselho de Ministros garantias públicas para os setores mais afetados pela pandemia de covid-19, destinando-se ao período pós-moratórias, anunciou esta quinta-feira o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

"Aquilo que este diploma faz é permitir ao Fundo de Contragarantia Mútua oferecer garantias públicas para a dívida que esteja em moratória, por parte de empresas que operem nos setores mais afetados pela pandemia", disse o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, no 'briefing' após a reunião do Conselho de Ministros de hoje, que decorreu no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

O governante referiu que estas garantias poderão ser usadas "no contexto das discussões que as empresas destes setores e os seus financiadores possam estabelecer no sentido de assegurar uma reestruturação ou refinanciamento da dívida, garantindo uma maior carência de capital no reembolso e uma extensão no prazo de amortização da dívida".