Coronavírus

Contrair covid-19 após a vacinação. "É algo esperado. Nenhuma vacina tem eficácia de 100%" 

Luís Graça, imunologista e membro da comissão técnica de vacinação, na SIC Notícias.  

Saiba mais...

O imunologista Luís Graça destaca a eficácia das vacinas contra a covid-19 e defende que o processo de vacinação cria condições para "termos otimismo".

As declarações do imunologista surgem depois da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, dizer que o país podia começar a aliviar as medidas de restrição em setembro.

Luís Graça diz que as vacinas "funcionam muito bem", mesmo contra a variante Delta, e que são "muito eficazes", não só para evitar a doença grave, mas também a transmissão da covid-19.

"As vacinas são muito eficazes mesmo para diminuir a transmissão."

Sobre as pessoas vacinadas com as duas doses que mesmo assim ficam infetadas com o SARS-CoV-2, esclarece que nada tem a ver com as novas variantes e que é algo esperado, de acordo com os ensaios clínicos. "Nenhuma vacina tem uma eficácia de 100%."

Na SIC Notícias, afirma que, se há mais casos disseminados na comunidade, é natural que também exista um maior risco das pessoas vacinadas de contactarem com infetados e, por consequência, ficar com covid-19.

O imunologista fala ainda sobre uma possível terceira dose da vacina contra a covid-19 e defende que é "claramente prematuro" colocar esta hipótese.